Search our Site

A aldeia de Mbohtong é uma pequena missão da paróquia de Shisong, na região noroeste dos Camarões, onde a Well4Africa já implementou um projeto de água. A comunidade de St. Anthony de Mbohtong faz parte da fraternidade OFS local do Sagrado Coração em Shisong. É a segunda residência permanente do grupo de mulheres consagradas leigas, reconhecido pela Igreja local e assistido pelos Frades Capuchinhos.

Mbohtong era uma aldeia muito pequena até há 10 anos, os frades capuchinhos fundaram o colégio de St. Anthony of Padua Comprehensive para satisfazer as necessidades das crianças menos privilegiadas daquela localidade. Posteriormente, a população desta área aumentou gradualmente. A atual crise sociopolítica que conduziu, a uma guerra difícil nos Camarões, resultou na deslocação de muitas pessoas dentro e fora do território nacional. Isso agravou ainda mais a já difícil situação da água nesta parte do país. Recentemente, devido à guerra, muitas mais pessoas deixaram as áreas da cidade em busca de refúgio nas aldeias. Alguns deles fugiram dos tiroteios diários e muitos perderam as suas casas que arderam durante os conflitos armados. Isso levou a um aumento da população de Mbohtong de 50 para 400 pessoas.

Como a população de Mbohtong mudou drasticamente, o abastecimento de água que servia 50 pessoas não é mais suficiente para várias centenas. Os aldeões encontraram duas boas fontes de água nas colinas de Mbohtong. Os estudos mostraram que ambas as fontes têm um bom abastecimento de água e a questão principal agora é como canalizar a água dessas duas fontes e fornecer tanques para as pessoas que vivem abaixo da colina.

O projeto de água Mbohtong consiste na escavação, construção de um canal e instalação de tubos de não pressão, construção de duas câmaras de coleta de 1 m2 cada e dois pequenos tanques de 2 m2 cada, instalando duas torneiras em cada tanque. O povo de Mbohtong fará todo o trabalho manual e os Frades Capuchinhos alimentarão os trabalhadores como sua contribuição local. A partir de poucas economias ao longo dos anos, que é de cerca de 400 euros, eles vão pagar o canalizador e os especialistas que irão fornecer direções. Os moradores irão pagar uma contribuição mensal (cerca de 2 euros por ano) para a manutenção e reparação do abastecimento de água, tais como a substituição de tubos quebrados, torneiras, etc.

O projeto da água Mbohtong está sob a supervisão da fraternidade local OFS, representada por Vera Wirba OFS, o Conselho Nacional da OFS em Camarões, representado pelo ministro nacional Genesis Gwainbi OFS, e a Custódia de São Francisco de Assis em Camarões, representada pelo tesoureiro de custódia pe. Aloysius Ngongbi OFM Cap.

Para possíveis formas de doação, consulte https://www.well4africa.eu/index.php/pt/faca-o-seu-donativo. Que o Senhor o abençoe pela sua generosidade!

  • 01
  • 02
  • 03
  • 04
  • 05
  • 06
  • 07
  • 08
  • 10

Simple Image Gallery Extended